Louvores ao Senhor

Free Jesus Cursors at www.totallyfreecursors.com

domingo, 13 de agosto de 2017

MENSAGEM DE FELIZ DIA DOS PAIS

UM BOM PAI


Um bom pai é aquele que sabe que seus filhos não são seus, mas são do Senhor.
E que a exemplo de José, marido de Maria,
Comporta-se como um pai adotivo de seus próprios filhos e filhas
E sabe que seus filhos devem seguir seu próprio caminho.
Um bom pai orienta seus filhos e filhas no caminho em que devem andar:
O caminho do Senhor! Pois assim quando seus filhos e filhas crescerem
permanecerão nos caminhos de Deus.
Um bom pai sempre dá o seu melhor para seus filhos e filhas
Jamais lhes fará ou dará aquilo que pode lhes fazer mal.
Um bom pai sabe ensinar e admoestar seus filhos e filhas com amor,
Ensinando a eles os mandamentos do Senhor e  corrigindo-os devidamente e com amor.
Um bom pai convive bem com seus filhos e filhas, não faz nada que possa irá-los
e sabe que a correção devida os livrará do mau caminho.
Um bom pai sabe falar de forma que seus filhos e filhas o ouçam e o obedeçam,
sabe perdoar e os perdoa quando se arrependem de seus erros, pecados e maus caminhos.
Um bom pai exige respeito para si,
mas também respeita a vontade e a individualidade de seus filhos e filhas.
Um bom pai ama a mãe de seus filhos e demonstra este amor por ela na presença deles,
ele sabe que amar sua esposa é a melhor coisa que pode fazer por seus filhos e filhas.
Um bom pai ensina seus filhos e filhas pelo seu testemunho de vida, pelo seu exemplo;
Sabe criar seus filhos com amor e faz de sua casa um bom e harmonioso lar para se viver.
Um bom pai encoraja, auxilia e incentiva seus filhos e filhas,
Jamais lhes fará algo que os faça desanimar de seus caminhos.
Um bom pai sabe, acima de tudo, ser um bom exemplo para seus filhos!

Os bons filhos e filhas obedecem ao seu pai, alegra-lhe o coração e não o envergonha!
Pois sabem que o SENHOR prolonga os dias na terra daqueles que honram a seu pai.
Filhos sejam obedientes! Porque isto alegra ao SENHOR!
FELIZ DIA DOS PAIS!
“Ouvi, filhos, a instrução do pai 
e estai atentos para conhecerdes o entendimento; 
porque vos dou boa doutrina; não deixes o meu ensino. 
Quando eu era filho em companhia de meu pai, 
tenro e único diante de minha mãe, então 
ele me ensinava e me dizia: 
Retenha o coração e as minhas palavras; 
guarda os meus mandamentos e vive; adquire a sabedoria, adquire o entendimento e não te esqueças 
das palavras da minha boca, nem delas te apartes. 
Não desampares a sabedoria, e ela te guardará; 
ama-a, e ela te protegerá.”
PROVÉRBIOS 4:1-6

                ''Pai ,amigo de todas as horas '' Bruna Karla (Dê um pause no play de músicas acima para assistir o vídeo)

(Fonte : Kátia Tribiolli)

sexta-feira, 14 de julho de 2017

QUE JESUS CRESÇA E QUE EU DIMINUA

(Que Ele cresça - Deigma Marques)
Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
"É necessário que ele cresça e que eu diminua." (João 3:30)

"E ouvi toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre." (Apocalipse 5:13)
Estamos vivendo uma época em que as pessoas estão com o seus egos exaltados, muitos estão buscando a sua própria glória, através da fama, da popularidade e do reconhecimento. Dizer: É necessário que Ele cresça e que eu diminua, implica em renunciar a glória humana e depositar todos os nossos créditos, dons, talentos e aplausos para Deus.
A vaidade humana muitas vezes nos impede de viver uma vida de total dependência e submissão a Deus. Sendo necessário que Ele apareça e que o "EU" humano desapareça, precisamos nos esvaziar e nos despojar de toda vaidade humana.
Na verdade o que estamos vendo é o ego humano sendo massageado e exaltado, e o nome de Jesus usado como marketing para benefício de muitos.
A nossa geração busca fama, fortuna e poder.
A nossa sociedade pós-moderna é uma sociedade que está embriagada com desejo desenfreado pela fama, muitos querem ser o centro das atenções, querem estar na mídia, na mira dos holofotes, sendo ovacionado e recebendo aplausos do público.
Autoridades religiosas, políticas e sociais querem manipular a verdade. Estamos vendo muito “EU” e pouca graça de Deus.
O culto ao ego tem sido celebrado em muitos lugares, a glória que é de Deus e para Deus, vem sendo roubada e direcionada para exaltar o homem.
Estamos vendo uma classe de pessoas que crescem e Jesus diminui.
Estamos vendo um evangelho sendo pregado para satisfazer o ego das pessoas. 
Estamos vendo pessoas que dizem ser cristãos com seus egos exaltados e Jesus muito distante.
Estamos vendo muitos líderes religiosos que se auto-promovem às custas de uma boa retórica, mas sem o caráter de Cristo. Líderes e igrejas que crescem, enquanto Jesus diminui.
Sabe qual é o plano de Deus para nós, os cristãos?
É que cresçamos “na graça e no conhecimento da verdade”. (2 Pedro 3:18)
Quando isso acontece, o velho homem é crucificado pela obediência a Cristo.
Quando isso acontece,  o Senhor cresce e nós diminuímos.
Quando isso acontece o Senhor é glorificado através da nossa vida; o SENHOR, jamais eu!
Que Ele cresça e eu diminua.
Amém!
(fonte:Geraldo Barbosa)

quinta-feira, 13 de julho de 2017

REVEJA A CENA DA FORNALHA ARDENTE E VEJA OS COMENTÁRIOS DOS ATORES - O RICO E LÁZARO - RECORDTV

O RICO E LÁZARO - RECORDTV - Dia 12/07/2017
 Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima

quarta-feira, 12 de julho de 2017

O LIVRAMENTO DA FORNALHA ARDENTE

Misael, Hananias e Azarias (nomes hebreus de Sadraque, Mesaque e Abede-nego)se mantiveram firmes e não se ajoelharam diante da imagem e os outros ficaram furiosos (Daniel 3:12). Por que eles não se ajoelharam? Por causa da Palavra de Deus que declara que não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura. Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque eu sou o SENHOR, teu Deus, Deus zeloso” (Êxodo 20.3-5).
Existem muitos problemas que tentam dobrar a vida de um cristão, mas você não pode se render facilmente. Precisa manter-se firme para não perder a fé. A obediência irrestrita a Deus é uma forma poderosa de alcançar livramento em situações difíceis.
Nabucodonosor ficou tão furioso que mandou amarrá-los e aumentar sete vezes mais o fogo (v. 19-21). Eles foram lançados no fogo e Nabucodonosor percebeu algo estranho (v.24), pois havia 4 homens no fogo e o aspecto do quarto homem era semelhante a um filho dos deuses” (v.25). Eles estavam soltos passeando no fogo e nada tinha lhes acontecido. Nabucodonosor queria saber quem era aquele quarto homem e como eles ainda estavam vivos.
Quem era o quarto homem? O próprio Deus havia prometido que quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti (Isaías 43.2) então enviou ao Senhor Jesus para estar com eles.  
O rei se aproximou do fogo e os chamou para sair da fornalha (v.26,27). Misael, Hananias e Azarias saíram totalmente salvos sem qualquer cheiro de fumaça (v.27).
Através daquela fornalha Nabucodonosor conheceu o poder de Deus - louva ao Senhor pelo seu poder de livrar (v.28-30). É nos momentos mais difíceis de nossa vida que podemos testemunhar ao mundo e assim fazermos que Ele seja engrandecido pelas demonstrações de seu poder.  
Obs: muitos teólogos afirmam que aquele 4º homem seria o Anjo do Senhor, uma manifestação teofânica de Deus em Cristo. Cristo está presente em todos os livros da Bíblia, antes mesmo de seu nascimento, através de tipos, figuras , nomes e referências. 

• EM QUE TIPO DE FORNALHA VOCÊ ESTÁ?
a) Problemas conjugais – O amor está esfriando, as mágoas estão crepitando como fogo, o diálogo está acabando? Sente que o seu casamento está amarrado, atado e atirado numa fornalha acesa de dor e lágrimas? O quarto Homem pode hoje trazer a você livramento.
b) Problemas financeiros – Situação amarga, noites indormidas, madrugadas insones, ansiedade, portas fechadas, desemprego, salário defasado, compromissos à porta? O quarto Homem pode trazer livramento. Ele é o dono de todo o outro e de toda a prata.
c) Problemas espirituais – A sua vida devocional está doente. Acabou a alegria da intimidade com Deus. Cessou a oração fervorosa, a devoção a Deus, a paixão pelas almas. O quarto Homem pode incendiar de novo o seu coração. 
d) Problemas sentimentais – Você está com medo: medo da solidão, do abandono, de não ser aceito, de tropeçar, de naufragar. Mas Jesus pode livrar você hoje.
Não se deixe influenciar pelo mundo . Ofereça seu louvor somente a Deus.
Não tenha medo de perseguição, nem desanime diante das dificuldades, Jesus passa pelo fogo com você . Seja fiel a Deus!!!
(fonte:esbocosermao) 
        Para assistir aos vídeos dê um pause no play de músicas acima
  1.                    O quarto homem na fornalha - Mattos Nascimento

                                O QUARTO HOMEM DA FORNALHA - Jean Carlos

terça-feira, 11 de julho de 2017

A OBEDIÊNCIA DOS TRÊS JOVENS HEBREUS

O rei Nabucodonosor fez uma imagem de ouro .Todos no reino tinham que adorar esta imagem e se alguém desobedecesse, seria lançado na fornalha ardente. Assim, os três amigos hebreus Sadraque, Mesaque e Abednego enfrentaram este desafio: Será que eles seguiriam a ordem do rei, defendendo suas vidas e suas posições e, em seguida, provavelmente, pediriam "desculpas" a Deus, ou eles obedeceriam à Sua Palavra, nunca curvando-se a qualquer ídolo? Daniel 3:8-12 nos diz que eles finalmente escolheram obedecer a Deus. Amanhã falaremos do livramento que tiveram. Hoje vamos meditar em algumas lições que aprendemos com esses três decididos servos de Deus:
1- A importância de termos amigos em Cristo  Nunca saberemos, mas será que eles teriam a mesma força para negar o rei se estivessem sozinhos? Independente disso, amigos que estão juntos em Cristo servem de consolo e apoio para os nossos momentos de luta. Quando encontramos amigos que tem a mesma fé em Deus que nós, achamos também um porto-seguro, alguém que se recusará a aceitar as ordens do mundo.
2- Seguir na contramão do mundo-
 A Bíblia é muito clara quando diz que todos  foram se ajoelhar perante a estátua de Nabucodonosor. Em diversos momentos de nossa vida, somos desafiados a seguir comportamentos da maioria das pessoas (beber, fumar, usar drogas, ir à festas mundanas, sexo antes do casamento, etc.). Comportamentos que todos ao nosso redor fazem, desde autoridades (ou em nosso caso atual, celebridades) até os nossos amigos. O verdadeiro cristão não se amolda ao mundo pecaminoso, mas mantém-se diferente, porque ama e obedece a Deus, não aos modismos humanos. 
3- Resistir à pressão de pessoas- Em Daniel 3:15 vemos:“Pois bem! Será que agora vocês estão dispostos a se ajoelhar e a adorar a estátua, logo que os instrumentos musicais começarem a tocar? Se não, vocês serão jogados na mesma hora numa fornalha acesa. E quem é o deus que os poderá salvar? " . Muitas pessoas até resistem a tentações por algum tempo, mas assim que o mundo os pressiona um pouco mais, elas caem. Você tem caído na pressão das pessoas? Tem cedido aos questionamentos e as vontades de outras pessoas? Siga o exemplo daqueles servos fiéis e fique firme nas suas convicções em Cristo, mesmo quando as pessoas ao seu redor lhe pressionarem para retroceder na fé.
4 - Deus deixará você entrar na fornalha  Deus poderia ter evitado que os jovens
fossem para a fornalha. Ele poderia mostrar seu poder muito antes, poderia ter matado Nabucodonosor no momento que este questionava o Deus dos três, mas aí está uma face incrível do nosso Deus. Em muitas situações Ele não vai nos tirar do problema, Ele vai estar o tempo todo conosco, mas vai deixar que passemos por alguns apuros. O por quê? Para você termos nossa  fé nEle aumentada, para darmos o testemunho e  para mostrar a todos a força e o poder do Deus a que servimos.
(adaptado guiaparaojovemcristao.com)

segunda-feira, 10 de julho de 2017

O CRISTÃO PODE IR À FESTA JUNINA ?

Normalmente, neste período do ano, algumas pessoas que ainda são novas na fé nos perguntam se um cristão pode participar das Festas Juninas ou quermesses comuns desta época. Resolvi então escrever para orientar estas e outras que, embora não sejam novos convertidos, têm se rendido a essa festividade.
O pilar da fé genuína consiste em adorar unicamente ao Altíssimo. Ou seja, um verdadeiro cristão não adora, não louva nem presta culto a nada nem ninguém, senão ao seu SENHOR. Por causa do temor, ele preza pelo Mandamento que condena todo tipo de idolatria (Êx 20. 3-5).
Pra quem não sabe, a proposta das Festas Juninas tem cunho religioso, pois a comemoração iniciou com a festa pagã do solstício de verão, depois, foi adaptada pela religião romana e incorporada a muitos símbolos, simpatias e personalidades bíblicas, como Pedro e João Batista, venerados como santos.
Embora a cultura secular, que fortemente se infiltra dentro da Igreja do Senhor Jesus, tente mostrar que as famosas quadrilhas, fogueiras e arraiais sejam inofensivos e não passam de uma oportunidade de divertimento e convívio social, por trás há um princípio espiritual ignorado ou desconhecido pela maioria. Ainda que em alguns lugares, a festividade esteja um pouco descaracterizada da festa pagã ligada à idolatria ou esteja tradicionalmente inserida ao folclore regional, ainda assim é preciso sabedoria para não se unir àquilo que Deus não se agrada.
O apóstolo Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, condenou veementemente o sincretismo religioso (absorção de princípios e ideias de uma crença por outra, de modo que se misturam conceitos e propósitos). Ele disse isso aos cristãos de Corinto que erravam ao se juntar ou coadunar aos festejos dos ídolos da época. Afinal, como pode alguém que participa da mesa do Senhor se unir direta ou indiretamente a práticas idólatras? Como pode alguém participar do que é sagrado e depois do que é profano e maligno?
Portanto, que estou querendo dizer? Será que o sacrifício oferecido a um ídolo é alguma coisa? Ou o ídolo é alguma coisa?
Não! Quero dizer que o que os pagãos sacrificam é oferecido aos demônios e não a Deus, e não quero que vocês tenham comunhão com os demônios.
1 Coríntios 10:19,20
Para não errar também em outras festas incorporadas ao calendário, como Halloween, Carnaval entre outras, aprenda a analisar o conceito que fundamenta tais comemorações.
Fora do contexto religioso junino, não têm nenhum mal comer bolo de fubá, pé-de-moleque, canjica e todas as delícias que vieram das mãos do nosso Deus.
Para finalizar, não quero dizer que a Bíblia é um livro de proibições, como um manual “desmancha prazer”. Pelo contrário! Ela nos orienta a ter bom senso para julgar cada situação e ver aquilo que nos convém e faz bem à nossa fé. Além disso, a Palavra ensina que deve haver ainda o cuidado para não fazermos nada que escandalize o nosso próximo e venha macular sua consciência. (Um cristão praticante, ao ser visto num ambiente de festa junina, com certeza será mal visto, podendo servir de escândalo para quem ainda não se converteu.)  Nesse aspecto, entendemos que todos os nossos atos devem glorificar a Deus e jamais criar tropeço aos demais.
Se você vive um dilema quanto a participar ou não destas celebrações, espero que este texto ajude-o na sua decisão.
(Cristiane Cardoso) 

domingo, 9 de julho de 2017

NINGUÉM EXPLICA DEUS

       Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
O clipe da música Cristã “Ninguém Explica Deus”, da banda Preto no Branco com a participação da cantora Gabriela Rocha, chegou a uma marca histórica, sendo a primeira música critsã no mundo bater esse recorde de visualizações no youtube. O vídeo clipe chegou a mais de 100 milhões de visualizações na VEVO e, por consequência, no YouTube.
Nada é igual ao Seu redor
Tudo se faz no Seu olhar
Todo o universo se formou no Seu falar
Teologia pra explicar
Ou Big Bang pra disfarçar
Pode alguém até duvidar
Sei que há um Deus a me guardar
E eu, tão pequeno e frágil, querendo Sua atenção
No silêncio encontro resposta certa, então
Dono de toda ciência, sabedoria e poder
Oh, dá-me de beber da água da fonte da vida
Antes que o haja houvesse
Ele já era Deus
Se revelou ao seus
Do crente ao ateu
Ninguém explica Deus
Nada é igual ao Seu redor
Tudo se faz no Seu olhar
O universo se formou no Seu falar
Teologia pra explicar
Ou Big Bang pra disfarçar
Pode alguém até duvidar
Sei que há um Deus a me guardar
E eu, tão pequeno e frágil, querendo Sua atenção
No silêncio encontro resposta certa, então
Dono de toda ciência, sabedoria e poder
Oh, dá-me de beber da água da fonte da vida
Antes que o haja houvesse
Ele já era Deus
Se revelou ao seus
Do gentio ao Judeu
Ninguém explica Deus
Ninguém explica
Ninguém explica Deus
Ninguém explica
Ninguém explica Deus
E se duvida ou se acredita
Ninguém explica
Ninguém explica Deus
Ninguém explica
Ninguém explica Deus
Ninguém explica
Ninguém explica Deus
E se duvida ou se acredita
Ninguém explica
Ninguém explica Deus
Dono de toda ciência, sabedoria e poder
Oh, dá-me de beber da água da fonte da vida
Antes que o ar já houvesse
Ele já era Deus
Se revelou ao seus
Do crente ao ateu
Ninguém explica Deus
Ninguém explica Deus

terça-feira, 4 de julho de 2017

NÃO DESISTA, DEUS ESTÁ CONTIGO !



Deus permite que venhamos a estar frágeis, para que Ele possa se mostrar forte em nossas vidas, Ele permite que venhamos a nos sentir pequeninos, para que Ele possa se mostrar grande em nossas vidas (“Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que este poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós.” 2 Co 4:7). O Senhor quer revelar o tamanho da Sua Graça para nós, seus filhos, e mostrar que somente ela é suficiente para nos manter vivos, felizes e satisfeitos. A graça é o dom gratuito de Deus, que nos salva e nos torna Seus filhos, que nos perdoa e nos reconcilia com Ele. A graça é uma dádiva dada por Deus ao homem, um favor imerecido que nos alcança ainda que estejamos longe do caminho que Ele tem para nós, e que nos presenteia ainda que não venhamos a merecer, nos abençoando e nos envolvendo com bondade e favor.
A graça de Deus é maior do que qualquer adversidade e é por meio dela que podemos ter nossos pecados perdoados e experimentar uma nova vida com o Pai, de esperança e paz. Deus não tirou o espinho da carne de Paulo porque queria ensinar a ele que a Sua Graça era suficiente, e que ele não precisaria de cura porque a graça divina era maior do que qualquer dor.
Talvez venhamos a sentir pena de nós mesmos pelas nossas fragilidades, pelas dificuldades que temos que enfrentar, talvez tenhamos o desejo de desistir de tudo e uma imensa vontade de murmurar constantemente, pelas circunstancias que não podemos mudar. Mas Paulo não, ele sentia prazer no sofrimento! Ele louvava a Deus pelas lutas que enfrentava! A alegria tão grande que ele sentia de poder participar do sofrimento de Cristo, de levar a cruz diariamente e de saber que existia um poder invisível que estava operando na vida dele, superava qualquer dor que ele enfrentava ("Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte." 2 Co 12:10). Deus ensinou para Paulo que a incapacidade dele de ser perfeito abria caminho para Deus mostrar a Sua perfeição através da vida de Seu filho. E o Senhor fez e continua fazendo isso na vida de Seus escolhidos. Ele permite que tenhamos uma área ou outra da nossa vida em que sejamos frágeis para que o poder dEle em nós se manifeste e sempre que vier o desejo de nos vangloriarmos de alguma coisa venhamos a nos lembrar das nossas fragilidades e reconheçamos que é por causa dEle que somos e podemos fazer grandes coisas (“Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente.” Rm 11:36).
A resposta de Deus hoje, para mim e para você, diante da luta, da dor que estejamos enfrentando é a mesma que ele deu a Paulo: “A minha graça é suficiente para você, porque o meu poder é aperfeiçoado quando você está fraco.
Não importa qual seja o tamanho da nossa dor, da nossa experiência dolorosa, podemos nos alegrar, pois existe um poder se aperfeiçoando na nossa fraqueza, um poder que é capaz de transformar toda perda em ganho, toda tristeza em alegria, toda desonra, em dupla honra. (adaptado-pv-priscilaviegas)
       Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
                                                        ALTO PREÇO - Damares

sábado, 1 de julho de 2017

CONHEÇA A IGREJA CONGREGACIONAL

Matéria feita pela TV Brasil com o título "Retratos da Fé". Pastores congregacionais, da Aliança e da UIECB, foram entrevistados nesse programa.
       Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima

CORAÇÃO GRATO


HOJE COMEMORAMOS 6 ANOS DE EMANCIPAÇÃO DE NOSSA IGREJA.
Um coração que ama a Deus será cheio de gratidão por tantas coisas que Deus faz, mas principalmente pelo plano de salvação. No Salmo 116 é possível perceber que Deus age, interage e reage à nossa dor, aflição e angústia. No entanto, é preciso que eu O invoque a fim de que Ele opere e então devo reconhecer o que Ele faz, fez e fará, então me resta agradecer. O fato é que as ações no Céu que impactam a Terra começam na Terra quando alguém ama, invoca, crê e louva ao Senhor que está nos Céus! Por causa disso esse Salmo é um louvor de ações de graças que pode ser cantado por um adorador ou por uma congregação de adoradores. Destacamos quatro pontos deste Salmo:
1. A situação em que os habitantes deste mundo se encontram: perigo, angústia e morte (vs. 3, 10, 11).
2. A oração que o verdadeiro cristão eleva a Deus quando está em aflição (v. 4).
3. A resposta quem vem do Céu do Deus piedoso, justo e compassivo à oração do aflito (vs. 1-2, 5, 6,8)
4. A resposta de gratidão daquele que reconhece a Deus como libertador de toda aflição (vs. 1-2, 7-9, 13-19).
Hoje é dia de renovar teus compromissos com Deus.  Você precisa assumir teus compromissos com Deus por tudo o que Ele já fez por você. Não espere mais para servir-Lhe, comece já!
Qual é tua atitude perante Deus? O que você reconhece que Deus fez e ainda faz por você? Como você reage diante de tudo o que Deus faz? Leia o Salmo 116 a fim de que vejas a reação de um coração grato perante o Deus que é piedoso, justo e cheio de compaixão:
1. Reconheça que Deus opera em prol de tua vida: Ele se inclina e ouve tuas orações; estando preso aos cordéis da morte, sofrendo tribulação e tristeza Ele te livra (salva), protege e te fez o bem sem nenhum mérito de tua parte (vs. 1-11).
2. Reaja positivamente diante de tudo o que Deus faz, fez e pode fazer por você: Ame ao Senhor (v. 1), invoque-O enquanto você viver (vs. 2, 4), creia nEle (v. 10); louve e adore a Ele por oferecer-te, não o cálice da ira de Deus, o qual Jesus tomou por você, mas o cálice da salvação oferecido em Jesus (v. 13). Comprometa-se com Deus, com Sua igreja e cumpra seus compromissos com Ele (vs. 14-15, 18-19). Sirva-O diligentemente em tudo o que você fizer e em todos os lugares (vs. 12, 16). Oferte a Deus daquilo que você recebe dEle, pois sem Ele você não teria nada (v. 17).
Invoque o nome do Senhor. Clame a Ele agora mesmo: “Piedoso, justo e compassivo Deus, inclina Teu ouvido para ouvir o meu clamor. Livra minha alma da morte. Dá-me o cálice da salvação. E capacita-me para cumprir com meus compromissos conTigo. Quero ser Teu servo para sempre. Em nome de Jesus, amém”.   (Heber Toth Armíadaptado)
TE AGRADEÇO - Diante do Trono (Dê um pause no play de músicas acima para assistir ao vídeo)
FOTOS DO DIA 1º de julho de 2017 - Sexto Ano de Emancipação da Iec Getulândia, uma linda festa para Glória do nosso Deus, fomos abençoados com a presença de tantos amados irmãos, ofertar para Missões e ser ministrados pela poderosa Palavra de Deus, pudemos participar da Santa Ceia do Senhor e fechamos a noite com deliciosos caldos, canjica e arroz doce preparados com muito carinho pelas irmãs e irmãos. Fizemos o culto no anexo nos fundos do Templo. Foi uma noite maravilhosa ! Obrigado a todos que compareceram .

sexta-feira, 30 de junho de 2017

O AMOR DE MUITOS SE ESFRIARÁ

Se olharmos para a sociedade, veremos que realmente não há mais amor. Se olharmos para as famílias, veremos divórcio e filhos revoltados; pessoas roubando, se drogando, se prostituindo e até mesmo matando. Se olharmos para as escolas, veremos professores desvalorizados e alunos sem expectativa de melhora. Políticos corruptos que só pensam em seus interesses e desprezam o povo. Líderes religiosos hipócritas que só têm interesse no dinheiro. Onde está o amor? Vemos muita manifestação de maldade e nenhuma manifestação de amor. Você sabe o que isso significa? Significa que a maldade se multiplicou no coração dos homens.
Precisamos orar mais, estarmos preparados para podermos ganhar esta guerra entre o Bem e o Mal, mas para isso, é necessário a Igreja, as pessoas em si, orarem mais, buscarem a Deus verdadeiramente, confiar mais em Deus, e não nos homens.
Tudo o que vemos fora de nós é resultado do que há dentro de nós. Por isso, é tolice realizar muitas obras externas na tentativa de melhorar as pessoas e situações. Somente Deus é amor! Somente Deus é capaz de destruir a maldade. Somente Deus transforma o coração do homem. A cada novo dia, os sinais do fim dos tempos e da volta do Senhor Jesus, tornam-se mais intensos. Quem estuda a Bíblia sabe que tudo se encaminha para o Juízo Final onde Deus irá intervir na Terra pondo fim a toda essa iniquidade.
Enquanto isso não acontece, procure se aproximar mais de Deus, de uma Igreja que ensine e pratique a Bíblia. Seja um exemplo no seu falar, sentir, pensar e agir. Faça sua parte, pois Deus sempre fará a Dele!
O Amor de muitos já se esfriou, não deixe o seu esfriar! (adaptado Janderson Nunes)
Onde está o amor ? - Gerson Rufino
(Dê um pause no play de músicas acima para assistir ao vídeo)


quinta-feira, 29 de junho de 2017

MAIOR É O QUE ESTÁ EM NÓS

O mundo pode ser um lugar hostil aos cristãos. No entanto, Deus quer que seus filhos espirituais saibam que não estão sós. Ele habita em nós pelo seu Espírito. Podemos ter certeza que não importa qual espírito alguém possa ter, nós temos o Espírito Santo de Deus, que é maior, mais poderoso e mais glorioso. A vitória é nossa porque a presença de Deus em nós é maior do que qualquer força que jamais enfrentaremos. Nossa vitória é certa sobre todas as forças, poderes, espíritos, ou oponentes.
Oração: Querido Pai, por favor, dê-me a confiança, ousadia e convicção de suas promessas. Eu quero viver bravamente para a sua glória e de acordo com a sua vontade. Obrigado por me dar poder para um viver vitorioso através do seu Espírito que habita em mim. Ao Senhor sejam toda a glória, majestade, e louvor. No nome de Jesus. Amém.

Fonte: iluminalma

sábado, 24 de junho de 2017

VENCENDO OS DESAFIOS DA VIDA CRISTÃ

A vida cristã é cheia de desafios, quando vencemos um, aparece outro ainda maior, foi assim na vida de Davi, venceu um leão depois venceu um urso e depois venceu um gigante e a vitoria dele causou grande efeito, a vitoria de Davi ensinou o povo de Israel a vencer gigantes. Quando você vence um grande desafio e dá testemunho desta vitoria, outros aprendem e quando passam por desafios como o seu ele sabe que também pode vencer. Em meio aos desafios que temos enfrentado nos últimos dias Deus tem nos dado algumas direções para sairmos vitoriosos e quero compartilhar com os amados cinco atitudes a serem tomadas diante de grandes desafios:
1) ASSUMIR RESPONSABILIDADES: tem muita gente passando para os outros a responsabilidade dos problemas que estão vivendo, em alguns casos culpam o Inimigo e ele mesmo não fez nada. Quando assumimos responsabilidades enxergamos os desafios sem sombras, sem máscaras e abrimos espaço para ação de Deus, Israel estava diante de um desafio que parecia pequeno, derrotar uma cidade chamada Ai (Josué: 7), saíram derrotados e não entenderam até que o pecado do povo foi descoberto e o responsável assumiu a responsabilidade, ele pagou pelo erro, e a vitoria veio para o povo,TALVEZ NESSE MOMENTO ESTAMOS PAGANDO PELO ERRO MAS A VITÓRIA VIRÁ PARA QUE O NOME DO SENHOR SEJA GLORIFICADO.
2) BUSCAR SABEDORIA: quando estamos diante de dificuldades, a uma tendência é agir por impulsos, não avaliar os prós e os contra, deixamos muitas vezes de ouvir conselhos, e o que é pior, não ouvimos a voz de Deus. O rei Salomão sabia que governar sobre o povo de Deus era um grande desafio, por isso pediu a Deus sabedoria; a Bíblia também fala da necessidade da mulher em buscar sabedoria para edificar sua própria casa; a sabedoria nos dá estratégias, a sabedoria nos traz direções, a sabedoria nos faz buscar a Deus, pois o principio da sabedoria é o temos ao Senhor (Provérbios 1: 7).
3) SER UMA PESSOA DE AÇÃO: não vencemos desafios de mãos cruzadas, é preciso ter disposição para alcançar a vitória, quando observamos as vitórias alcançadas por Israel, o Povo fez sua parte, Deus operou os milagres, e lembro-me da travessia do Mar Vermelho (Ex: 14), Deus não os passou por cima do mar, mas viram o mar abrindo a sua frente enquanto caminhavam. A Igreja tem desafios e não os vencerá se não se movimentar.
4) TER UM CORAÇÃO DECIDIDO: Ter um coração decidido é acreditar que você realmente pode vencer. Lembro-me de Daniel (Dn: 1:8) principalmente na versão corrigida, que diz “propôs no seu coração não contaminar.. “ ele estava diante de um grande desafio, estava deixando os manjares do rei de lado e ainda tinha que parecer estar com boa aparência. Era um desafio, mas ele confiou e venceu. Quem quer vencer tem de acreditar e a vitória é certa no nome de Jesus.
5) PERSEVERAR ACONTEÇA O QUE ACONTECER: Sê valente! Tem uma canção de Salmos e Hinos que trata bem essas coisas, nunca desistir, não voltar atrás; as cartas às igrejas do Apocalipse terminam com as frases AO QUE VENCER. Não desistir nunca ! Isaque não parou de cavar os poços até que pudesse beber de sua água, não devemos parar até termos a vitória. Lembro-me do cartaz do sapo na boca da garça ... nunca desista, LUTE !
Pense nisto!
Bom dia!
Sebastião Luiz Chagas, Pastor

A BÊNÇÃO DA AFLIÇÃO

Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente. II Coríntios 4:17 

Estas palavras nos oferecem uma razão por que não deveríamos desfalecer sob as aflições nem ser subjugados por infortúnios. Elas nos ensinam a olhar para as aflições do tempo presente sob a luz da eternidade. Elas afirmam que as presentes desgraças do cristão exercem um efeito benéfico no homem interior. Aqui há aflição, lá há glória.
1. "um peso eterno de glória." É significante saber que a palavra hebréia para "gloria"-kabod - também é "peso". Quando o peso do ouro é acrescentado de pedras preciosas isto aumenta o seu valor. A felicidade do céu não pode ser contada nas palavras terreais; a "glória" que nos espera está pesado, sim é “mais excelente” que qualquer coisa terrestre e temporal; seu valor desafia os cálculos. O Grande e Santo Deus vai nos dar o que é digno dEle, sim, tal qual como ele é, infinito e eterno. 
2. "nossa leve e momentânea tribulação."
 (1) "tribulação" é a sina comum da existência humana; Isto faz parte do vínculo do pecado. pois que por muitas tribulações nos importa entrar no Reino de Deus. Atos 14:22. Por uma estrada difícil e acidentada Deus nos leva a glória e a imortalidade.
 (2) nossa tribulação é "leve." Tribulações muitas vezes não são leves, são pesadas e dolorosas; mas elas são comparativamente leves! Elas são leves quando comparadas com o que nós realmente mereceríamos. Elas são leves quando comparadas com os sofrimentos do Senhor Jesus. Mas talvez a real leveza delas seja mais bem vista comparando-as com o peso de glória que está nos esperando. Como disse o mesmo apóstolo em outro lugar, porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada. Rom. 8:18.
(3) "Que é por um momento. Se nossas tribulações deveriam continuar ao longo de uma vida inteira e essa vida fosse igual em duração como o foi para Matusalém, contudo, isto é momentâneo se comparado com a eternidade que está diante de nós. No máximo nossa aflição é para esta vida presente, que é como um vapor que aparece por um pouco de tempo e então desaparece.
Aflições muitas vezes só parecem nos amargurar e nos fazer mais rebeldes e descontentes. Mas para os que servem a Deus, aflições os ajudam a se preparar daqui por diante para a glória.
 Aflição afasta nosso coração do amor pelo mundo; nos faz almejar mais por aquele tempo em que seremos tirados deste mundo de pecado e tristeza; nos permitirá apreciar as coisas que Deus tem preparado para os que O amam. Então aqui é o que a fé é convidada a fazer: colocar em uma balança a aflição presente, no outro, a glória eterna. Eles merecem ser comparados? Não, realmente. Um segundo de glória vale mais do que o contrapeso uma vida inteira de sofrimentos. O que são anos de labuta, de doença, de lutar contra a pobreza, de roubos, perdas, de perseguição, sim, da morte como um mártir, quando pesado contra as glórias que estão à mão direita de Deus que é eterno! Uma respiração no céu extinguirá todos os ventos adversos da terra. Um dia na Casa do Pai vale mais que o contrapeso dos anos que nós passamos neste triste deserto terreno. Que Deus nos conceda fé. Que nos habilite a esperançosamente nos agarrarmos a esse futuro e viver alegremente no presente com esta promessa. Amém!!! Graça e paz amados do Senhor.

(Claudio Morandi)