Louvores ao Senhor

Free Jesus Cursors at www.totallyfreecursors.com

sábado, 21 de outubro de 2017

SOU HUMANO...A MINHA FORTALEZA VEM DO SENHOR !

Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
Sou Humano - Bruna Karla

Deus, mais uma vez segure em minha mão
Minha alma aflita pede tua atenção
Cheguei no nível mais difícil até aqui
Me ajude a concluir
Quando penso que estou forte, fraco eu estou
Mas quando reconheço que sem Ti eu nada sou
Alcanço os lugares impossíveis, me torno um vencedor
Estou sentindo minhas forças indo embora
Mas Tua presença me renova nessa hora
Vem, Senhor, vem e me leva além
O meu sonho de chegar está tão longe
Sou humano, não consigo ser perfeito
Senhor, vem e me leva além
Deus, mais uma vez segure em minha mão
Minha alma aflita pede tua atenção
Cheguei no nível mais difícil até aqui
Me ajude a concluir
Quando penso que estou forte, fraco eu estou
Mas quando reconheço que sem Ti eu nada sou
Alcanço os lugares impossíveis, me torno um vencedor
Estou sentindo minhas forças indo embora
Mas Tua presença me renova nessa hora
Senhor, vem e me leva além
O meu sonho de chegar está tão longe
Sou humano não consigo ser perfeito
Vem, Senhor, vem e me leva além
Me ajude a ousar com minha fé
Sou pequeno, eu não sei ficar de pé
Sou dependente, tão dependente
Vem, Senhor, ao meu favor
Me ajude a ousar com minha fé
Sou pequeno, eu não sei ficar de pé
Me dá tua mão! Me tira do chão!
Vem me ajudar
Estou sentindo minhas forças indo embora
Mas Tua presença me renova nessa hora
Vem, Senhor, vem, e me leva além
O meu sonho de chegar está tão longe
Sou humano, não consigo ser perfeito
Senhor, vem, e me leva além
Estou sentindo minhas forças indo embora
Mas Tua presença me renova nessa hora
Vem Senhor, vem, e me leva além
O meu sonho de chegar está tão longe
Sou humano, não consigo ser perfeito
Além, Senhor

domingo, 15 de outubro de 2017

10.000 VISUALIZAÇÕES ! OBRIGADO A TODOS VOCÊS !

Graças ao Deus Todo Poderoso e com o apoio e interesse de nossos amigos e irmãos chegamos a 10.000 visualizações
Nosso blog trata de fé, auto estima, família, eventos da nossa comunidade IEC Getulândia, ensino bíblico, atualidades analisadas sob a ótica cristã de uma forma equilibrada e reflexiva, saúde,
meio ambiente, educação, temas relacionados à nossa cidade de Rio Claro - RJ e muito mais. 
Aproveitem as postagens de meses e anos anteriores.
Há assuntos muito relevantes que podem ser do seu interesse. 
Toda honra e toda glória ao Senhor Deus - " Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém! " Romanos 11:36

FESTA DAS CRIANÇAS NA QUADRA DE GETULÂNDIA

FESTA DAS CRIANÇAS NA QUADRA DE GETULÂNDIA - MANHÃ DO DIA 15/10/2017
brincadeiras, pinturas, jogos, lanche, algodão doce, pipoca, cachorro quente, guaraná, historias bíblicas, brindes, etc. agradecemos aos pais e mães pela confiança. foi tudo muito lindo graças a Deus!







video
                                Clique no canto inferior direito para assistir ao vídeo em tela cheia

sábado, 14 de outubro de 2017

FELIZ DIA DOS PROFESSORES !


O mestre da Galileia. Doutor incomparável, "percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando
nas suas sinagogas, e pregando o evangelho do Reino [...]" (Mateus 4.23).
No ministério terreno, seus sermões, ensinos e discursos eram inflamados pelo amor às pessoas. Diferente dos escribas, Ele ensinava como quem tinha autoridade (Mt 7.28,29). 
A verdade emanava da pessoa de Jesus! Os que o ouviam só tinham duas opções: amá-lo ou odiá-lo. Era impossível ouvi-lo e ficar indiferente. 
Jesus transtornava a consciência do acomodado e aquietava o coração do perturbado.
Tendo em vista a plena edificação da Igreja na Palavra, o Senhor Jesus, através do Espírito Santo, dotou alguns de seus servos com o dom ministerial de mestre ou doutor (Efésios 4.11). Esse dom é uma capacitação sobrenatural do Espírito. Isso não significa, porém, que devemos descuidar de nossa formação intelectual, pois o preparo para o ensino passa pela capacidade de aprender para posteriormente ensinar.

Professora He­l­ley Abreu Ba­tis­ta dei­xa um exem­plo de co­ra­gem e amor ao sa­cri­fi­car a pró­pria vi­da pa­ra defen­der as cri­an­ças e im­pe­dir que a tra­gé­dia de Janaúba fos­se ain­da mai­or

O pro­fes­sor, cu­jo dia se­rá co­me­mo­ra­do no pró­xi­mo dia 15, tem co­mo mis­são a ar­te de ensinar. Mas a
pro­fes­so­ra He­l­ley Abreu Ba­tis­ta, de 43 anos, foi mui­to além dis­so: uma ver­da­dei­ra heroína. Ao ten­tar sal­var seus alu­nos e lu­tar con­tra o vi­gi­lan­te Da­mi­ão So­a­res dos San­tos, de 50, que ateou fo­go na cre­che Gen­te Ino­cen­te, na ma­nhã de quin­ta-fei­ra, em Ja­naú­ba, no Nor­te de Mi­nas, ela sa­cri­fi­cou a pró­pria vi­da em de­fe­sa das cri­an­ças e, com is­so, im­pe­diu que a tra­gé­dia que cho­cou o Bra­sil e o mun­do fos­se ain­da maior.
Ela dei­xou três fi­lhos.
Professora entrou e saiu três vezes da sala em chamas para tentar salvar as crianças
Uma pro­fis­si­o­nal de­di­ca­da, cu­jo em­pe­nho trans­cen­dia o sa­lá­rio de cer­ca de R$ 1,5 mil co­mo pro­fes­so­ra mu­ni­ci­pal em Janaúba. Es­se é o per­fil de He­l­ley Abreu, que, de­vi­do à sua bra­vu­ra e co­ra­gem, ga­nhou o no­ti­ci­á­rio do Bra­sil in­tei­ro pe­lo es­for­ço que de­sem­pe­nhou na ten­ta­ti­va de sal­var as cri­an­ças do in­cên­dio na cre­che, o que aca­bou le­van­do à per­da de sua vida. 
No en­ter­ro de He­l­ley, o ma­ri­do de­la, Lu­iz Car­los Ba­tis­ta, fez au­men­tar a emo­ção, quan­do, aos pran­tos, en­con­trou for­ças pa­ra men­ci­o­nar as qua­li­da­des da mulher. “Ela se foi por sal­var vi­da das crianças. Acho que a mis­são de­la era es­ta, sal­var vidas. Mes­mo so­fren­do, eu te­nho que aceitar. Foi por obra de Deus. E Deus é jus­to”, afir­mou Lu­iz Carlos. Ele afir­mou que He­l­ley con­si­de­ra­va os alu­nos da cre­che co­mo ver­da­dei­ros fi­lhos, “em­bo­ra eles não fos­sem fi­lhos bi­o­ló­gi­cos de­la”.
Lu­iz Car­los tam­bém con­tou que, na vés­pe­ra da tra­gé­dia, uma ami­ga de He­l­ley dis­se que ela não de­ve­ria ir na cre­che no dia se­guin­te, por­que es­ta­va mui­to rouca. “Mas ela res­pon­deu: ‘Eu te­nho que ir pa­ra cui­dar dos meus (as cri­an­ças). Não pos­so fal­tar”, com­ple­tou o ma­ri­do de Helley. Nos úl­ti­mos di­as, a pro­fes­so­ra tam­bém es­ta­va mui­to emo­ti­va por cau­sa das co­me­mo­ra­çõ­es da Se­ma­na da Criança.
As co­le­gas de tra­ba­lho da pro­fes­so­ra He­l­ley na cre­che Gen­te Ino­cen­te tam­bém enal­te­ce­ram o tra­ba­lho e com­pa­nhei­ris­mo da heroína. “Era uma pes­soa que ti­nha mui­to amor pelas crianças. Além dis­so, era mui­to res­pon­sá­vel”, afir­mou a pe­da­go­­ga Eli­a­ne San­tos, que na quin­ta-fei­ra, dia do ata­que à cre­che, es­ta­va de fol­ga e não foi ao trabalho.
A co­ra­gem e bra­vu­ra da pro­fes­so­ra He­l­ley Abreu tam­bém im­pres­si­o­naram os mo­ra­do­res de Janaúba. “Acho que ela foi uma guer­rei­ra, uma he­ro­í­na, que re­al­men­te mor­reu por lu­tar no meio do fo­go pa­ra de­fen­der as cri­an­ças”, dis­se o pe­drei­ro Ar­ley Aves, de 31, que tam­bém aju­dou a sal­var as cri­an­ças da cre­che du­ran­te o incêndio. Ar­ley con­ta que a pro­fes­so­ra po­de­ria “ter saí­do cor­ren­do” quan­do viu as cha­mas den­tro da sa­la de aula. “Mas, ao con­trá­rio, ela per­ma­ne­ceu lá, aju­dou a sal­var as cri­an­ças e en­fren­tou o ca­ra (o vi­gi­lan­te Da­mi­ão). Por is­so te­ve o cor­po to­do queimado.

(Luiz Ribeiro- em.com.br)

AS LIÇÕES QUE A PROFESSORA HELLEY NOS DEIXOU

                 Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

NÃO TENHA MEDO DE SEXTA-FEIRA 13

Não tenha medo da sexta-feira 13. Nem de gato preto ou passar embaixo de escadas. Nem de fantasmas, feitiço ou mau olhado. Não acredite em sorte nem em azar.
A Bíblia diz em Deuteronômio 18. 10-13 "que entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti. Perfeito serás, como o Senhor teu Deus."
Creia nas oportunidades, no trabalho, no estudo, na família. Acima de qualquer coisa, porém, creia em no Senhor Deus Todo Poderoso. E isso basta.
Uma das maiores declarações de confiança e segurança da Bíblia Sagrada está neste Salmo:
" Você, que se senta na presença do Deus Altíssimo e passa a noite à sombra do Todo-poderoso, diga assim: “Deus, Tu és meu refúgio. Confio em Ti e estou seguro!” 
Isso mesmo. Ele protege você das armadilhas e o defende de perigos mortais.
Seus enormes braços estendidos são como um escudo: atrás deles, você está seguro. 
Eles evitarão que você seja ferido.
Não precisa ter medo de nada; nem de assaltos à noite, nem de flechas voando de dia, nem da doença que ronda pela escuridão, nem do desastre que irrompe ao meio-dia.
Ainda que outros morram à sua volta e caiam por todos os lados, você não sofrerá nenhum arranhão. Você será protegido, e, de longe, verá os ímpios serem punidos. 
Sim, porque o Eterno é seu refúgio; o Deus Altíssimo, seu abrigo.
O mal não conseguirá chegar perto de você, a iniquidade não passará da porta.
Ele ordenou a Seus anjos que o guardem para onde quer que você vá
Se tropeçar, eles o segurarão: o trabalho deles é evitar que você caia.
Você caminhará tranquilo entre leões e cobras, pisará neles, e nada acontecerá.
“Se você se apegar a Mim para salvar a vida”, diz o Eterno, “tirarei você de qualquer problema. 
Se você aprender a confiar em Mim, cuidarei de você como ninguém. 
É só me chamar, que eu respondo: ficarei ao seu lado nas horas ruins, resgatarei você e depois darei uma festa em sua honra. 
Eu o presentearei com uma vida longa, e a você mostrarei a minha salvação” 
(Salmo 91, versão A Mensagem).
Uma feliz e abençoada sexta-feira 13 para você.
"Senhor Deus, ensina-me a andar, não em cima de superstições, mas de acordo com a Tua Palavra , crendo que o Senhor é comigo e que contigo eu não tenho nada a temer. Obrigado por abrir os meus olhos e não ser preso a mentiras que inimigo criou para enredar as pessoas. Em nome de Jesus, Amém ."..

(Amilton Menezes)

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

QUE SEJAM ORAÇÕES QUE SAIAM DE UM CORAÇÃO SINCERO



Seja como uma criança, mas não seja criança

Jesus é incrível! A narrativa dos evangelhos nos mostra que Ele sempre conseguia ensinar e impactar vidas mesmo nos momentos menos prováveis. 
E foi em um desses momentos improváveis, onde pais levavam seus filhos até Jesus para que ele os abençoasse (Lucas 18. 15-17; Mateus 18.2-3), e pelo fato dos apóstolos estarem impedindo as crianças de se aproximar Dele, talvez por acharem que elas não teriam nada a acrescentar na missão, que Jesus trouxe a eles e a nós um importante ensino: E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus.” (Mateus 18.3)
Se não formos como crianças seremos adultos condenados a não entrar no reino de Deus. Essa é a fala de Jesus.

Mas o que as crianças têm de tão especial para que sejamos como elas? Sem dúvida alguma Jesus estava falando do amor abnegado, da confiança plena, da pureza, da capacidade de entrega, da capacidade de descansar sob os cuidados dos pais ou responsáveis, etc. Características imprescindíveis aos eleitos de Deus.
Apesar de termos a obrigação de sermos COMO crianças, não podemos SER crianças. O apóstolo Paulo equilibra bem essa questão quando diz que não devemos ser “…meninos no juízo; na malícia, sim, sede crianças; quanto ao juízo, sede homens amadurecidos.” (1 Corintios 14.20).

O cristão precisa ser como uma criança, mas precisa crescer mantendo apenas aquelas boas características da criança. Paulo enfrentou graves problemas na igreja de Corinto justamente pelo fato dos crentes serem crianças e não como crianças: “Eu, porém, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, e sim como a carnais, como a crianças” (1 Coríntios 3.1). Paulo teve de pastorear uma espécie de berçário de crentes infantis em sua atitudes. Crentes que já deviam ser amadurecidos, mas não eram.
Ser como criança e não uma criança  é um equilíbrio difícil de alcançar na vida, mas muito necessário segundo o ensino de Cristo e de Paulo.
Por fim gostaria de deixar um ensino bastante interessante do apóstolo Pedro que nos mostra como darmos o primeiro passo para sermos como crianças: “desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação” (1 Pedro 2.2). Pedro nos traz à mente o apetite voraz das crianças recém- nascidas, que mamam, em média, a cada 3 horas, o precioso leite da mãe. É com esse desejo que Pedro nos manda buscarmos o Senhor através de Sua Palavra.

Deseje ser COMO uma criança nos braços do Pai e tenha confiança de que o Pai dará tudo que for necessário e importante para o seu crescimento saudável e abençoado. Mas não seja uma criança que age pautada por meninices prejudiciais à vida cristã adulta.
(André Sanchez)
                             
         Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
                                       Música: Quero ser como Criança
Cantores: Heloisa Rosa & David Quinlan

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

COMO DESESTRESSAR

Ainda que tenhamos recebido a Cristo como Salvador, e com Ele o perdão de todos os nossos pecados (1Jo 1.7), continuamos vulneráveis em nossos sentimentos e emoções. Já somos novas criaturas (2Co 5.17), mas a nossa velha natureza ainda é suscetível às circunstâncias que nos advêm. Sendo assim, não é anormal ficarmos ansiosos, com medo, desanimados e abatidos. O próprio apóstolo Paulo experimentou tais sentimentos em sua vida cristã (2Co 6.4-10; 7.5-6). Mesmo o Senhor Jesus, nos Seus últimos dias, revelou a nós a tristeza do Seu coração (Mc 14.34); contudo, essa tristeza não provém de uma velha natureza no caso de Jesus e nem havia vulnerabilidade Nele.
Qual de nós não se sente ansioso e com medo diante de uma enfermidade, do desemprego, de uma crise familiar, da violência que nos cerca, dos desafios que temos que assumir ou mesmo diante das lutas pelas quais a nossa igreja passa?
O terapeuta cristão Gary R. Collins faz uma distinção entre a ansiedade normal, que é uma reação natural diante dos perigos e ameaças, que é controlada ou diminuída quando as circunstâncias exteriores se modificam; e a ansiedade aguda ou neurótica, que desenvolve sentimentos exagerados de desespero e medo, mesmo quando o perigo é inexistente. Para ambas Deus providenciou recursos para nos ajudar nestes momentos. No texto de Filipenses 4, a partir do versículo 2, notamos que a igreja ou alguns de seus membros estavam em crise de relacionamento. Aparentemente, as irmãs Evódia e Síntique andavam em desacordo. Tal desavença estava entristecendo demais os irmãos. Paulo, então, pediu a um obreiro amigo que promovesse a reconciliação (v.3) e à igreja que, resolvida a questão, voltasse a se alegrar no Senhor (v.4). Vejamos, nos versículos 6 e 7, o apóstolo Paulo ensinando o que fazer para vencer a ansiedade e o medo.
I – IDENTIFICAR A CAUSA DO PROBLEMA
Talvez a dor dos irmãos e a sua ansiedade tivessem como origem a briga das duas irmãs (v.2), e Paulo foi direto ao ponto de tensão. Ou seja, descobrir a causa da ansiedade dá início à solução do problema. Através da observação, reflexão, autoanálise, leitura da Bíblia, aconselhamento, podemos descobrir o que de fato nos preocupa. Às vezes, não é fácil esse exercício, mas pode nos fazer muito bem, se feito adequadamente. Você sabe bem as causas da sua ansiedade quando a sente? Davi, certa vez, pediu que Deus vasculhasse o seu coração e fizesse aflorar os males que ali estavam (Sl 139.23-24).
II – CONSIDERAR A AJUDA DE UM IRMÃO EM CRISTO
Depois de descobrirmos a causa de nossa ansiedade, devemos atacá-la. O apóstolo Paulo não teve dúvida, repreendeu as irmãs e as admoestou a pensarem concordemente no Senhor.
Para ajudar na resolução do conflito, pediu ajuda de um obreiro. Não sabemos quem era esse “companheiro de jugo” (v.3), mas o certo é que a sua ajuda foi muito importante naquela hora. Todo crente deve ter os seus companheiros de jugo, aquelas pessoas que, em momentos difíceis, ajudam-no em oração e aconselhamento. Esse apoio fraternal é de especial significado quando o problema é o tratamento do medo e da ansiedade. A Bíblia afirma que o “perfeito amor lança fora o medo”. Collins, já citado, afirma que o inimigo do medo é o amor. Especialmente, demonstrar o amor de Cristo é ajudar também aqueles que sofrem de ansiedade e medo. Pregar o evangelho do Salvador com paciência e amor é a melhor maneira de levar outros a expulsar de sua vida o medo e a ansiedade.
III – ALEGRAR-SE SEMPRE NO SENHOR
Possivelmente a crise de relacionamento das duas irmãs estava tirando a alegria da igreja. De fato, toda divisão no corpo de Cristo traz consigo uma tristeza imensa. Talvez seja por isso que Jesus orou tanto pela unidade de Seus filhos ( Jo 17.11).
No entanto, em meio às lutas, os irmãos foram exortados a se alegrar no Senhor (v.4). Por maiores que sejam as lutas sempre haverá no Senhor, motivo de alegria. No versículo 6, no meio da ansiedade e medo, deveria, ainda assim, haver ações de graças. Se olharmos somente para os problemas, ficaremos mais ansiosos ainda. Se olharmos para alegrar sempre Nele.
Segundo Collins, alegrar-se, para os cristãos, é uma ordenança permanente do Senhor, pois Ele disse que jamais nos deixaria. Temos ainda a expectativa de Sua volta e da vida com Ele num lugar especialmente feito para nós, Seus filhos. Baseados nessa promessa, podemos viver livres do medo. Precisamos conhecer a Palavra do Senhor para que sejamos consolados e fortalecidos!
IV – CONFIAR EM DEUS EM ORAÇÃO
Em Filipenses 4.6, está escrito que a oração é o melhor remédio à ansiedade e ao medo. Foi em oração que muitos dos heróis da Bíblia aprenderam a confiar no Senhor.
Jó orou muito durante a sua crise existencial. Foi crescendo tanto em confiança em Deus que, no final de suas provações, ele declara: “Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te veem” ( Jó 42.5). Ana, por sua vez, foi embora contente após ter orado com tanta dedicação ao Senhor e ouvido as palavras do sacerdote Eli (1Sm 1.9-18). Asafe se mostrou confiante na soberania de Deus após entrar no santuário e orar (Sl 73.17-28). À medida que confiamos mais no Senhor em oração, menos a ansiedade e o medo habitam em nós. Em Mateus 6.25-34, o Senhor Jesus ensina que não devemos ficar ansiosos com a nossa vida. O que devemos fazer é buscar o reino de Deus e a Sua justiça (v.33). A oração vence a ansiedade. Quem ora bastante vive bem.
Conclusão
O texto de Filipenses começa relatando uma crise de relacionamento (v.2), mas termina com uma promessa de paz (v.7). É possível ter a paz de Cristo ocupando o lugar do medo e da ansiedade em nossa mente e coração, mesmo que as circunstâncias externas não mudem.
O que determina a paz no barco não é a ausência da tempestade lá fora, mas a presença de Jesus do lado de dentro (Mt 8.23-27). Jesus nos prometeu uma paz que o mundo não pode dar ( Jo 14.27), no entanto, afirmou, também, que no mundo teríamos aflições ( Jo 16.33). Paz não é a ausência de problemas e aflições, mas é uma dependência completa do cuidado de nosso Pai Celeste. Que os recursos espirituais citados neste texto nos ajudem a vencer a ansiedade e o medo. Que o Espírito Santo aplique em nosso coração Filipenses 4.2-8, o que nos fará muito bem. Faz-nos bem refletir esta estrofe de um hino que diz: “Com Tua mão segura bem a minha, e pelo mundo alegre seguirei. Mesmo onde as sombras caem mais escuras, Teu rosto vendo, nada temerei” (H.M. Wright).
Autor do Estudo: Pastor Luiz Cézar Nunes de Araújo

Como evitar e tratar — Pessoas que sofrem de estresse profundo, chegam a perder a alegria de viver. É natural que todos queiram vencê-lo. Pensando nelas, os especialistas dão uma série de conselhos que valem a pena ser seguidos. Se você os levar a sério, certamente conseguirá livrar-se do estresse. Mas não se esqueça: vá com calma. 
1. Pense no que está causando suas tensões. À medida do possível, remova ou contorne essas causas. Por exemplo, se você é daqueles que vivem atrasados, procure planejar melhor os horários, de modo que não precise passar o dia correndo de um lado para outro. 
2. Concentre seu esforço em uma atividade por vez. Quem se preocupa com mil tarefas ao mesmo tempo, não executa bem nenhuma delas, e acaba estressado. 
3. Procure equilibrar as atividades intelectuais com recreação e atividades físicas. Pessoas que fazem grande esforço intelectual e não praticam atividade física, com o tempo experimentam considerável queda no rendimento mental. 
4. Não negligencie os exercícios físicos. As atividades devem ser feitas em ambiente agradável, junto à Natureza. Satisfação maior ocorre quando as atividades são produtivas. A jardinagem é bom exemplo dessa combinação. 
5. Separe tempo para relacionar-se socialmente com amigos e familiares. 
6. Cultive pensamentos bons e nobres. Tenha ideais. Leia bons livros. O melhor livro é a Bíblia, em todos os aspectos. 
7. Relaxe. Sentado confortavelmente, esvazie a mente de preocupações. Respire lenta e profundamente. 
8. É fundamental que as horas dedicadas ao sono atendam às necessidades orgânicas. A maioria das pessoas precisa dormir 8 horas por dia. 
9. Antes de deitar-se para dormir, procure esquecer os problemas e as urgências. Assim, você irá adormecer com mais facilidade, e seu sono será mais tranquilo. 
10. Coma sem pressa, sentindo o sabor da comida. Antes da refeição, expulse as lembranças incômodas. 
11. Não se deixe dominar pela impaciência ou pelo negativismo. Às vezes, a imagem que fazemos dos problemas é maior do que eles próprios. 
12. Procure administrar sua "raiva" com sabedoria. Nos momentos de crise, tente encontrar soluções criativas, ao invés de lastimar-se ou pôr a culpa nos companheiros. 
13. Aceite sua dependência de Deus, e aprenda a confiar nEle. 
14. Qual a vantagem de ser tão competitivo? Não permita que sua felicidade dependa do julgamentos que as pessoas fazem de você. 
15. Faça de seu trabalho uma atividade que lhe traga prazer. Torne seu ambiente de trabalho um local agradável. Poucas pessoas fazem o que gostam. Se você não está entre os privilegiados, condicione-se a gostar daquilo que faz. Talvez você exerça função modesta na empresa, mas se for caprichoso, seu trabalho será sempre requisitado. 
16. Ao escolher a profissão, não se deixe levar unicamente pelas vantagens financeiras que possa obter. À medida do possível, procure satisfazer suas preferências e ideais de vida. 
17. Evite preocupações, pois elas trazem sofrimento, depressão e nervosismo. Aprenda a arte de encontrar soluções para os problemas, sem envolver-se emocionalmente com os eles. 
(Daniel Boarim)
OBS: Acreditamos que a busca da ajuda de um profissional da área da Psicologia, em muitos casos, pode ser importante e até necessária. Não negligencie ajuda médica. 

domingo, 8 de outubro de 2017

ESQUECENDO AS COISAS QUE PARA TRÁS FICAM


Muitas pessoas sofrem até hoje por problemas que tiveram em relacionamentos passados... Elas se decepcionaram por confiar demais e dar o seu melhor sem receber nada em troca. Geralmente essas decepções causam feridas que demoram a sarar, pois as pessoas chegam à conclusão que nada dá certo com elas e que não vale a pena se arriscar em um novo relacionamento.
Se você está passando por isso, saiba que a sua vida pode tomar um novo rumo se você colocar Deus em primeiro lugar. Cada dia é um presente que Ele te dá e nada pode ser empecilho para que você creia em Suas promessas. Você já ouviu aquela frase: "O melhor de Deus está por vir"? Acredite nela, pois todos que esperam verdadeiramente em Deus alcançam muito mais do que pediram.
Se um relacionamento passado não deu certo, não quer dizer que o próximo não dará. Se existe alguém para te machucar, certamente existe alguém disposto a te amar! Então volte a acreditar no amor. Eu sei que parece muito mais vantagem se fechar no seu "mundinho", trancar o coração e jogar a chave fora. Mas em vez de pensar somente nos fatores negativos, por que você não sonha alto e coloca toda a sua confiança em Deus? Se Ele fez na vida de tantos, por que não faria com você?
Lembre-se: a sua cura virá quando você enterrar o seu passado e enxergá-lo como uma oportunidade de crescimento!
(Pr. Antonio Junior)

sábado, 7 de outubro de 2017

SENHORA - D. REGINA - PARTICIPA DO "ENCONTRO" E CRITICA A PARTICIPAÇÃO CRIANÇA EM CENA DE NUDEZ.

Para assistir aos vídeos dê um pause no play de músicas acima
A divulgação de um vídeo em que uma criança aparece mexendo em várias partes do corpo de um homem vivo pelado durante uma exposição no Museu de Arte Moderna (MAM), estimulada pela mãe, é alvo de polêmica nas redes sociais e chocou muitas pessoas. O ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente é claro ao proibir qualquer tipo de exposição de crianças a contextos de conotação pornográfica (artigos 240 e 241). Para muitos, a mera exposição de um órgão sexual já comprovaria o que consta no artigo 240 do ECA que impede “produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente”. Na opinião de Eduardo Tomasevicius Filho, professor de Direito da Criança e do Adolescente na USP, a exibição do órgão sexual masculino a uma menina já poderia ser interpretada como relevante e indevida. Ele recorda que os artigos 74 a 79 do Estatuto mostram uma preocupação do legislador em evitar o contato das crianças com qualquer tipo de pornografia e, portanto, a exposição do MAM estaria violando os princípios da proteção integral da criança e do melhor interesse para a criança. Ele reconhece ainda que esta questão é muito delicada por estarem em conflito a liberdade do artista, da família e o direito da criança. “Eu pessoalmente acho que [nesse caso] a criança não deveria ter acesso”, diz. Segundo ele, nas decisões judiciais o ECA tem sido interpretado de forma a proibir qualquer tipo de exposição precoce à sexualidade.
Fonte: gazetadopovo
SENHORA - D. REGINA - PARTICIPA DO "ENCONTRO" E CRITICA A PARTICIPAÇÃO  CRIANÇA EM CENA DE NUDEZ.

Jonathan Nemer protesta contra exposição do Santander

Convenção Batista aconselha que igrejas e membros fechem suas contas no Santander

Dom Henrique: Não é qualquer porcaria ou comportamento que se pode chamar de arte

Segundo o ACI Digital (04/10/2017), diante dos recentes casos de exposições polêmicas no Brasil, o Bispo de Palmares (PE), Dom Henrique Soares da Costa, criticou a tentativa de destruir o conceito de família até mesmo com coisas aberrantes, advertindo que nem tudo pode ser considerado arte.
“Estamos vendo uma sociedade que vai se desagregando e se degradando. Prepare-se porque vamos ver cada vez mais isso”, lamentou o prelado em um vídeo no qual fala sobre os casos da exposição ‘Queermuseu’, no Santander Cultural em Porto Alegre (RS), e da performance ‘La Bête’, no Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo.
No primeiro caso, a exposição ‘Queermuseu – Cartografia da Diferença na Arte Brasileira’, no Santander Cultural, trouxe obras que apresentavam blasfêmias contra símbolos religiosos, como hóstias nas quais escreveram nomes de órgãos sexuais, além de imagens indicando pornografia, pedofilia e zoofilia.
Após mobilização de cristãos nas redes sociais expressando sua indignação e repúdio à mostra, o banco decidiu encerrar antecipadamente a exposição.
Já o segundo caso veio a público com a divulgação de um vídeo da performance ‘La Bête’, no 35º Panorama da Arte Brasileira, no MAM. As imagens mostram o artista Wagner Schwartz nu deitado no chão, o qual podia ser manipulado pelo público. Uma criança, juntamente com uma mulher, se aproxima e toca o homem. Estas cenas logo geraram grande repercussão e muitos sinalizaram que se trataria de um crime por expor a criança a tal situação, além de incitação à pedofilia.
Diante disso, o MAM publicou uma nota afirmando que havia sinalização sobre a nudez na sala onde aconteceu a performance e que a menina estava acompanhada pela mãe. Por sua vez, o Ministério Público de São Paulo anunciou na segunda-feira que abrirá um inquérito civil para verificar a aplicação da classificação indicativa e investigar como foi feito a captação de imagens no ambiente.
Casos como este, segundo denunciou Dom Henrique Soares, refletem a “descristianização da sociedade”. “Boa parte da sociedade já não considera mais Cristo, já não considera que o homem vive diante de Deus. Isso é péssimo, porque quando o homem é sua própria medida, então, tudo é permitido, ele não tem mais critérios absolutos”, afirmou.
Além disso, há um segundo problema que é “uma onda forte de cristofobia, um ódio a Cristo e à Igreja, sobretudo à Igreja Católica”.
“Surge também – indicou o Prelado – a militância da ideologia de gênero, da cultura gay, duas atitudes reprováveis”.
Ressaltando que não se referia às pessoas homossexuais, o Bispo de Palmares assinalou que “é a cultura gay, é a militância gay como ideologia, que quer desconstruir os valores da nossa sociedade”, assim, há “a tentativa de destruir o conceito de família, com coisas até aberrantes”.
Nesse sentido, falou concretamente sobre o caso de ‘Queermuseu’, que “é sacrilégio, é vilipêndio”, por desrespeitar “símbolos de uma religião”, o que “é crime no Brasil e poderia ser punido penalmente”.
Sobre o caso de ‘La Bête’, assinalou que “ali é uma incitação à pedofilia, isso é reprovável, isso é uma amoralidade”. “Uma sociedade sadia não pode aturar, não pode suportar em silêncio”, declarou.
Dom Henrique reforçou que não se trata de arte, pois “a arte não é uma realidade absoluta”. “Se eu fizesse um show matando uma pessoa, isso é arte?”, indagou.
“A arte é arte seguindo alguns critérios. Existem cânones para arte, existe a beleza, que nasce de uma harmonia intrínseca nas coisas, a construção do bem, do diálogo, do belo, da humanização”, acrescentou.
“Não é qualquer porcaria – me desculpe a expressão –, não é qualquer comportamento pervertido e perversor que se pode chamar de arte”.
Diante de fatos como esses, o Bispo expressou que “se salva essa sociedade com famílias que tenham valores, que eduquem seus filhos com valores, e valores cristãos, porque o cristianismo é a base cultural da nossa sociedade”.
Assim, parabenizou as pessoas que, “em nome do bom senso, daquelas coisas que são primárias do senso moral, de decência, de dignidade, gritam contra essas perversões, essas anomalias”.
“Eu fico preocupado sobre o futuro da nossa sociedade, sobre o futuro do Brasil. É o preço de uma sociedade que vira as costas para Deus”, lamentou.
Por isso, exortou todos a estarem atentos e não permitirem que casos como estes se repitam, manifestando-se nas redes sociais, mobilizando-se, acionando a Justiça. “Nós não aceitaremos agressões à cultura e à fé cristã”, concluiu.

Padre Zezinho usou sua página no Facebook para se pronunciar a respeito da polêmica envolvendo uma exposição cultural do banco Santander, cancelada no último domingo após uma onda de protestos católicos nas redes sociais.
Vai ser difícil para o Banco Santander recuperar-se deste desvio ético!
Pessoas éticas nunca resvalam para a esbórnia e para atitudes chulas.
Independem de serem celibatários, casados, ou de se terem definidos por alguém do mesmo sexo. Nem por isso apoiam atitudes vale-tudo. Pessoas éticas têm classe e estabelecem limites para si e para os outros que tentam invadir sua privacidade.
O caso da exposição QUEER, que pelo título da exposição mostra que importaram algo que vem de fora é mais um tipo de colonização ideológica a serviço do capital e de uma esquerda doidivanas que visa o lucro ou a ideologia. E não esqueçamos que há direitistas que também embarcam em tudo que dá lucro!
Os curadores, cujos nomes até agora permanecem no anonimato, aparentemente buscavam expor o vale-tudo da sexualidade. Queriam o quê! Que o povo brasileiro os aplaudisse porque brasileiro é um povo avançado?
Mais uma prova de que no Brasil está valendo tudo: corrupção política, financeira, assaltos em plena luz do dia, orgias de distribuição de vantagens partidárias e ultimamente quase nudez nas ruas e nas praias, além cenas de bate-bocas lamentáveis no congresso e no judiciário! Acabou a dignidade nos altos e nos baixos escalões da sociedade.
Quem apoia o vale-tudo mostra o vale-nada em que vive.
Busca-se sacramentar qualquer tipo de comportamento sob o disfarce de liberdade de expressão. E, se alguém discorda, é carimbado com o apelido de retrógrado, ultraconservador, como se isso fosse crime de lesa-pátria. Roubar milhões ou bilhões também é! E é muito mais.
Que tal se começássemos a chamar de pessoa retrógrada quem restaura a selvageria de costumes e luta por restaurar as sociedades da Grécia e de Roma onde permitia quase tudo em público e onde a privacidade quase desapareceu!
Quem tenta restaurar costumes há milênios tidos como abomináveis, avançado é mais retrógrado do que pensa ser! É um banco que patrocina esse tipo de vanguarda deve começar a cuidar da sua retaguarda financeira.
Perder 100 a 200 mil correntistas não é sucesso para qualquer diretoria!
Fonte:filhosdedeus.blog.br

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

RIO CLARO – RJ É EXEMPLO EM AÇÕES DE PRESERVAÇÃO À NATUREZA

Rio Claro, RJ, é exemplo em ações de preservação à natureza

O ICMS ecológico é um mecanismo tributário que possibilita aos municípios acesso a parcelas maiores que àquelas que já têm direito, dos recursos financeiros arrecadados pelos Estados através do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS, em razão do atendimento de determinados critérios ambientais estabelecidos em leis estaduais.
– Cálculo do ICMS passo a passo:
O Indice Final de Conservação Ambiental (IFCA), que indica o percentual do ICMS ecológico que cabe a cada município, é composto por 6 sub-índices temáticos com pesos diferenciados:
Tratamento de esgoto (ITE): 20%
Destinação de lixo (IDC): 20%
Remediação de Vazadouros (IRV): 5%
Manaciais de Abastecimento (IrMA): 10%
Áreas protegidas – todas as unidades de Conservação-UCI (IAP): 36%
Áreas protegidas municípais – apenas as UCs municipais (IAPM): 9%
O municipio rioclarense alcançou o primeiro lugar no ranking do ICMS ecológico graças principalmente às unidades de conservação. As RPPNs, parte do parque Cunhambebe e principalmente a APA Alto Pirai impulsionaram o município para esta ótima colocação. A Área de Proteção Ambiente Alto Rio Piraí tem 34.680 hectares. O mesmo equivalente a um terço de todo o município de Rio Claro.
À época em que ela foi definitivamente consolidada, apenas 35% do total de seu perímetro eram compostos por remanescentes da Mata Atlântica. Suas águas são consideradas Classe Especial pelo estado, além de manter riquíssima diversidade de peixes ameaçados de extinção. A APA que cobre todo o distrito de Lídice ajuda a ordenar o territorio em ações ambientais e de ordenamentos turísticos.
A região também conta com oito RPPNs (Reservas Particulares do Partimonio Natural), cujos proprietários recebem benefícios que saem da verba do ICMS verde para cuidar das florestas que ficam dentro das propriedades.
O município trabalha para implementar ações de coleta seletiva e tratamento de esgoto, que também são quesitos para a pontuação do ICMS Ecológico.
(Fonte: Prefeitura Municipal de Rio Claro - RJ )
CLIQUE NO LINK ABAIXO E ASSISTA AO VIDEO DO G1 SOBRE ESSE TEMA
Rio Claro, RJ, é exemplo em ações de preservação à natureza


A PORTA QUE DEUS ABRE NINGUÉM FECHA

Muitas vezes temos a sensação de que algumas portas estão fechadas em nossas vidas. Parece que nós lutamos, jejuamos, oramos e essas portas nunca se abrem. 
Nosso Deus é aquele que está no controle de tudo, Ele tem todo o poder e ninguém pode frustrar os Seus planos. Se Ele fecha uma porta, ninguém pode abrir e se Ele abre, ninguém pode fechar. Então nós devemos confiar que Deus está cuidando de nossa vida também. Em Isaías 64:4 diz que: "Deus trabalha por aqueles que nEle esperam", então se você está esperando em Deus para que algo aconteça; creia - Deus já está trabalhando em seu favor. Deus já está movendo nas áreas que você não pode mover. Deus já está cuidando daquilo que você não pode cuidar por si mesmo, mas muitas vezes nós ficamos desanimados e acredito que você também fica assim. 
"Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais" (Jeremias 29:11).
Mas muitas vezes nós não temos esta paz, pois pedimos alguma coisa que Deus não quer, uma coisa que não é da vontade do Senhor e ficamos persistindo naquilo; temos que continuar buscando entender a vontade do Senhor sabendo que Ele já estava fazendo tudo cooperar para o meu bem, pois até mesmo um "não" de Deus pode ser a melhor resposta para nós.
É isso que Deus faz! Ele abre as portas para aqueles que esperam nEle, para aqueles que confiam no Senhor e que O agradecem antes mesmo do milagre acontecer, e que você possa fazer isso em sua vida. Eu desejo muitas portas abertas na sua vida, mas que acima de tudo a vontade de Deus seja feita, que tudo seja feito no tempo dEle, na forma dEle e então você irá desfrutar de um futuro abençoado que Deus tem reservado para a sua vida.
(Pr. Antonio Junior)
                                                 Cassiane - Com muito louvor
                    Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
Deus não rejeita oração, oração é alimento
Nunca vi um justo sem resposta ou ficar no sofrimento
Basta somente esperar o que Deus irá fazer
Quando Ele estende suas mãos é a hora de vencer
Então, louve! Simplesmente louve!
Tá chorando, louve! Precisando, louve!
Tá sofrendo, louve! Não importa, louve!
Seu louvor invade o céu
Deus vai na frente abrindo caminho
Quebrando as correntes, tirando os espinhos
Ordena aos anjos pra contigo lutar
Ele abre as portas pra ninguém mais fechar
Ele trabalha pra o que nEle confia
Caminha contigo de noite ou de dia
Erga suas mãos, sua bênção chegou!
Comece a cantar com muito louvor
Com muito louvor, com muito louvor
Com muito louvor!
A gente precisa entender o que Deus está falando
Quando Ele fica em silêncio, é porque está trabalhando
Basta somente esperar o que Deus irá fazer
Quando Ele estende suas mãos é a hora de vencer
Então, louve! Simplesmente louve!
Tá chorando, louve! Precisando, louve!
Tá sofrendo, louve! Não importa, louve!
Seu louvor invade o céu
Deus vai na frente abrindo caminho
Quebrando as correntes, tirando os espinhos
Ordena aos anjos pra contigo lutar
Ele abre as portas pra ninguém mais fechar
Ele trabalha pra o que nele confia
Caminha contigo de noite ou de dia
Erga suas mãos sua bênção chegou
Comece a cantar com muito louvor
Com muito louvor, com muito louvor
Com muito louvor!


quarta-feira, 4 de outubro de 2017

ORAÇÃO PELA PAZ

Com pés descalços e batas remendadas, São Francisco (1182-1226) perambulava pela cidadezinha
italiana de Assis, a 184 quilômetros de Roma, e arredores. Enquanto a sociedade da época enfatizava a inclinação humana ao pecado, o religioso preferia louvar as belezas da Criação. Reverenciava as virtudes do homem e a perfeição da natureza. Observava em êxtase o voo dos pássaros. Dormia sob as estrelas. Inalava a brisa perfumada dos campos. O planeta era sua casa sagrada.
Independente de religião, é inegável o fato de que a história do jovem italiano que abandonou a riqueza, e mais tarde ficaria conhecido como São Francisco de Assis, ao longo da história do cristianismo motivou muita gente a ter compaixão pelos animais. Renunciou à riqueza de sua família para dedicar sua vida a cuidar dos pobres, dos doentes e dos animais.
Todas as criaturas são nossos irmãos e irmãs”, dizia Francisco de Assis, que embora não haja confirmação de seus hábitos alimentares, afirmava não ver os animais como seres com menos direito à vida do que os humanos, tanto que ele compartilhava a mesma pregação com pessoas e animais. 
O amor dele por Deus se manifestava por meio do seu amor por criaturas humanas e não humanas.
(Fonte: David Arioch)
                                          youtube - crisregina / Cantora CRIS TIANE
 Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
OBSERVAÇÃO: Segundo o olhar cristão evangélico, de acordo com ensinamentos bíblicos, somente fazemos orações diretamente a Deus, por meio de Seu Filho, Jesus Cristo - "Há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem." (1Timóteo 2:5) . Sendo essa oração feita não a São Francisco de Assis, mas, conforme atesta o site católico www.franciscanos.org.br/?p=24385 , atribuída a ele, nem é uma oração feita para ele, podemos fazê-la e cantá-la sem qualquer preocupação. É uma bela oração, com mensagem totalmente de acordo com os ensinamentos bíblicos. O passado da Igreja Cristã nos mostra diversos exemplos de vida de pessoas que buscaram ser fieis a Deus, e ao nosso ver, Francisco de Assis deu grandes exemplos de uma vida abnegada e sincera, um exemplo a ser seguido.
A “Oração pela Paz” não é de São Francisco de Assis
Frei Adelino G. Pilonetto, OFM Cap

Quem não conhece a oração que principia com as palavras: Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz? E quem não a aprecia também? Conhecida como Oração pela Paz, Oração do Amor, Oração simples ou, ainda, Oração de São Francisco, ela tem um sabor todo ecumênico e expressa conteúdos de tanta sinceridade e beleza que encontra ressonância obrigatória no coração das pessoas. “Seus conteúdos correspondem às aspirações íntimas dos melhores cristãos de nosso tempo” ... Entretanto, a mencionada oração não é de São Francisco, é apenas atribuída a ele

Como surgiu essa oração
Parece que surgiu pouco antes da Primeira Guerra Mundial. Suas origens são obscuras, seu autor é desconhecido, e parece que poucos lhe deram importância logo ao aparecer. “A Oração da Paz apareceu pela primeira vez em 1913 numa pequena revista local da Normandia, na França. Vinha sem referência de autor, transcrita de uma outra revista tão insignificante, que nem deixou sinal na história, pois não foi encontrada em nenhum arquivo da França” Em 1917, foi divulgada com um título chamativo: “Oração para uso dos que querem colaborar na preparação de um mundo melhor” (4). 

A partir desse contexto, a Oração pela Paz ganhou asas e correu mundo, recebendo acolhida entusiasta de cristãos e mesmo de seguidores de outras religiões, que nela encontravam a expressão inspirada de ancestrais desejos de união e de paz. 

A “Oração pela Paz” não é de São Francisco de Assis e, portanto, não convém que continuemos a designá-la como “Oração de São Francisco”, pelo simples fato de que ela não é. Aqui nos alegramos com uma oração bonita, nascida fora de nossa família, mas não fora do sopro do Espírito. 

Fonte: http://www.franciscanos.org.br/?p=24385

O VERDADEIRO CRISTÃO AMA E CUIDA DOS ANIMAIS

Se para alguém for indiferente o sofrimento de um animal, este precisa repensar sua fé em Deus e se pode se chamar de cristão de verdade. 

Os bons cuidam bem dos seus animais, porém o coração dos maus é cruel." (Provérbios 12:10)

Esse texto nos ensina de forma bem objetiva a respeito do cuidado que o justo dispensa aos animais, tratando-os com zelo. E, da mesma forma, mostra que aquele que não zela pela vida dos animais é perverso e age com crueldade.
Além de várias leis de proteção aos animais, a Bíblia contém varias passagens que mostram ocuidado de Deus com os animais
Um relato muito tocante da Bíblia fala de um certo homem que era tão apegado a sua ovelha  que  “ela crescia com ele e com seus filhos, todos juntos. Comia do seu bocado e bebia do seu copo e deitava-se no seu colo e veio a ser para ele como uma filha” (2 Samuel 12:3). Essa história foi usada na Bíblia como exemplo de uma relação preciosa e que deveria ser preservada. Tenho certeza que muita gente se identifica com esse relato e se sente da mesma forma em relação ao seus animais de estimação, como parte da família.

Jesus, como Filho de Deus, também demonstrava compaixão para com os animais. Quem é o homem entre vós que tendo uma só ovelha e caindo esta numa cova, num sábado, não a agarra e levanta para fora?” disse ele em Mateus 12:11 como exemplo de algo excelente a ser feito. Em outro relato, Jesus expressou a importância que seu Pai dava mesmo aos pequenos animais, ainda que eles tivessem pouco ou nenhum valor financeiro, dizendo “Não se vendem dois pardais por duas moedas de pequeno valor? Contudo, nenhum deles está esquecido diante de Deus” (Lucas 12:6).
Através dessas passagens da Bíblia, pode-se ver claramente que Deus não considera os animais como sendo descartáveis ou sem valor. Sabemos que Deus se importa com eles  e espera que nós humanos também nos importemos ; isto expressa que o amor de Deus se estende a  todos, inclusive aos animais e nos motiva  ainda mais a zelar pelo bem estar deles, não apenas por compaixão, mas pelo que de fato é: um mandamento de Deus e um ato de amor cristão.
(Adaptado do texto escrito por Aline Parkin, jornalista formada na UFRN )
Saiba como denunciar maus-tratos ou crueldade contra animais
Caso você presencie maus-tratos a animais de quaisquer espécies, sejam domésticos, domesticados, silvestres ou exóticos – como abandono, envenenamento, presos constantemente em correntes ou cordas muito curtas, manutenção em lugar anti-higiênico, mutilação, presos em espaço incompatível ao porte do animal ou em local sem iluminação e ventilação, utilização em shows que possam lhes causar lesão, pânico ou estresse, agressão física, exposição a esforço excessivo e animais debilitados (tração), rinhas, etc. –, vá à delegacia de polícia mais próxima para lavrar o Boletim de Ocorrência (BO), ou compareça à Promotoria de Justiça do Meio Ambiente.
A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988.
É possível denunciar também ao órgão público competente de seu município, para o setor que responde aos trabalhos de vigilância sanitária, zoonoses ou meio ambiente. Lembrando que cada município tem legislação diferente, portanto caso esta não contemple o tema maus tratos pode utilizar a Lei Estadual ou ainda recorrer a Lei Federal.
Lei de Crimes Ambientais
“Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:
Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.
§ 1º. Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.
§ 2º. “A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.”
Constituição Federal Brasileira
Art. 23. É competência comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios:
VI – proteger o meio ambiente e combater a poluição em qualquer de suas formas;
VII – preservar as florestas, a fauna e a flora;
Art. 225. Todos têm o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para os presentes e futuras gerações.
§ 1.º Para assegurar a efetividade desse direito, incumbe ao poder público:
 VII – “proteger o Meio Ambiente adotando iniciativas como: proteger a fauna e a flora, vedadas, na forma da lei, as práticas que coloquem em risco sua função ecológica, provoque a extinção de espécies ou submetam os animais à crueldade.”
A denúncia pode ser feita nas delegacias comuns ou nas especializadas em meio-ambiente ou animais*. Também se pode denunciar diretamente no Ministério Público ou no IBAMA.
Como proceder no Ministério Público
O Ministério Público é quem tem a autoridade para propor ação contra os que desrespeitam a Lei de Crimes Ambientais. Sendo assim, pode-se fazer a denúncia diretamente no MP, o que agiliza muito o processo.
Tente descrever com exatidão os fatos ocorridos, o local e, se possível, o nome e endereço do(s) responsável(s).
Também procure levar, caso haja possibilidade, alguma evidência, como fotos, vídeos, notícias de jornais, mapas, nome de testemunhas e endereço das mesmas. Quanto mais detalhada a denúncia, melhor.
IBAMA
As denúncias podem ser feitas pelo telefone 0800 61 8080 (gratuitamente) ou pelo email para linhaverde.sede@ibama.gov.br. O IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) as encaminhará para a delegacia mais próxima do local da agressão.
Endereço útil
Note que o autor do processo judicial será o Estado e não você. Sendo assim, não tema denunciar. As organizações não governamentais possuem um papel importante e insubstituível na sociedade. Porém, exerça a sua cidadania. Não se cale frente aos crimes contra os animais e o meio ambiente, e exija das autoridades responsáveis às providências previstas por lei.
No Rio de Janeiro, você pode realizar a denúncia através da DEMA - Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente. Endereço: Rua S. Luiz, 265 - São Cristóvão. Tel.: (21) 3399-3290, (21) 3399-3298 e (21) 2589-3133. Fax.: (21) 3860-9030 e (21) 3860-3293.
(Fonte: www.worldanimalprotection.org.br)

Com mais de 70 anos de existência, a SUIPA permanece viva, como uma entidade particular, não eutanásica, sem fins lucrativos, e de utilidade pública. Além do abrigo, a SUIPA mantém em sua sede uma Assistência Veterinária, com preços populares, para que todas as pessoas possam cuidar de seus animais de estimação, de segunda a domingo e também nos feriados. A receita arrecadada, na Assistência Veterinária, é direcionada para cobrir diversas despesas da Entidade.
Av. Dom Hélder Câmara, 1801 - Benfica
Cep: 20973-011 - Rio de Janeiro - RJ 

(antiga Av. Suburbana, próximo ao Jacarezinho e ao Metrô Maria da Graça).
Não funcionamos Domingos e feriadosAssistência Veterinária
Tel: 21 3297-8750
Consultas e demais serviços
(com limitação de senha):

08:30hs às 13:00hs - Segunda a Sexta
08:30 ao 12:00 - Sábados
Revisões:
(Com limitação de senha):
08:30 às 13:00hs - Segunda a Sexta
08:30 às 10hs - Sábados
Radiologia (raio-x)
(Com limitação de senha):

8:30 às 13:00hs - Segunda a Sábado
Ultra-sonografia
(Com limitação de senha):

10:00 às 16:00hs - Segunda,
08:30 às 14:30hs - Quarta, Sexta e Sábado
Cardiologia
(Com limitação de senha):

8:30 às 14:30hs - Segunda,Terça e Quinta
10:00 às 16:00hs - Quarta.

Agendamento de esterilizaçõesSegunda a sexta - 08:00 as 13:00 
Tel: (21)3297-8766

Atendimento administrativo:
Segunda a Sexta - 8:00 às 18:00
Sábado - 8:00hs às 12:00hs
Tel: (21)3297-8777

Setor de Adoção
Segunda a Sexta - 8:00 às 15:00
Sábado - 8:00hs às 12:00hs
Tel: (21)3297-8775